Seja bem-vindo ao Melissa Benoist Brasil, sua primeira, maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz Melissa Benoist, mais conhecida por interpretar a Supergirl na serie homônima. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Navegue no menu acima e divirta-se com todo o nosso conteúdo. Esperamos que goste e volte sempre!
anúncio
06.06.2018
postado por Camila e categorizado como Entrevistas

Nós podemos dizer que não tivemos um dia nada mal após termos tido a oportunidade de ver uma prévia da apresentação de “So Far Away” por Melissa Benoist, que já está mais que pronta para estrear como Carole King no musical “Beautiful: The Carole King Musical” na noite de amanhã. Seus fãs terão a oportunidade de vê-la ao vivo e bem de perto no teatro Stephen Sondheim até o dia 4 de agosto de 2018.

Muitos devem conhecer Melissa por seu papel como Marley Rose na série “Glee” da emissora Fox, mas ela logo em seguida “voou” para seu papel de maior destaque como protagonista na série “Supergirl” da CW. Apesar de estar fazendo sua estreia na Broadway, Melissa tem fortes experiências com musicais, fazendo parte de peças de teatro locais desde “A Noviça Rebelde” até “Adeus, Amor”, de “A Chorus Line” até “Cinderela” e de “Footloose” até “Evita”, e nós não temos dúvidas de que ela irá se dar muito bem no seu lançamento na Broadway.

Nós também tivemos a oportunidade de entrevista-la após a prévia de sua apresentação e conversar sobre sua estreia, a vida de Carole King e se veremos Supergirl cantar novamente… Mas antes de começarmos, eu fiz questão de tirar o casaco apenas para mostrar o símbolo bem familiar que estava na minha camiseta só para quebrar o gelo…

Me desculpe por essa revelação repentina, mas eu não pude resistir! Primeira pergunta, você já se cansou de olhar para esse símbolo?

(risos) Eu não fazia a menor ideia… Mas não! Nunca! Como eu poderia me cansar dele? Eu vejo com muita frequência. Muitas pessoas têm essa camiseta… Até mesmo pessoas que não são fãs de super-heróis! É um símbolo de força!

 Então, amanhã à noite é a sua estreia na Broadway! Quando você olha pra esse palco e vê esse lindo piano o que passa pela sua cabeça?

Um turbilhão de coisas! Principalmente as minhas falas e todos os versos de todas as músicas. Eu penso: “Ok… Espere… O que vem agora?… Ah, lembrei.” E simplesmente muita emoção! É uma adrenalina!

Agora, eu serei bem honesto com você. Antes de eu ver Beautiful, eu sabia praticamente todas as músicas, mas não sabia absolutamente nada sobre a história de vida da Carole King…

Eu também não! Eu não sabia de nada que ela havia passado. Eu conhecia bastante sua música, mas não sabia muito sobre sua história pessoal.

Houve alguma coisa que te surpreendeu ou se destacou pra você acima de todas as outras coisas sobre a vida da Carole King enquanto se preparava para esse papel?

Bem… Uma das minhas histórias favoritas que nosso Diretor Assistente contou foi que ela tinha esse domínio no mundo da música pois ela tinha muita força interior e confiança sobre seu trabalho e sobre o que ela era capaz. Ela simplesmente conhece a música como ninguém e é um gênio da criatividade. Há uma história sobre ela de quando ela tinha 16 anos, que ela foi para um estúdio de gravação e lá tinham vários artistas —  pianistas, bateristas, todos bem mais velhos que ela – e eles viram essa garota se sobressair sobre eles, e diziam: “O que ela está fazendo?” e ela apenas seguiu e liderou a banda e comandou a sala. Ela tem uma força muito considerável.

Qual é a parte mais emocionante e mais preocupante de estrear na Broadway?

Bem… Eu realmente não quero cair de cara no chão (risos)…

Deus te livre!

Eu não quero cair ou que minha voz falhe. Não sei. Eu estou bem nervosa quanto a isso. Eu só espero que eu consiga lembrar de tudo e contar bem essa história. E o mais emocionante é poder cantar todas essas incríveis músicas que eu sempre amei.

Bem, pelo que eu ouvi da prévia essa manhã, sua voz está ótima, Melissa. E seu colega de “Supergirl” Jeremy Jordan não é estranho na Broadway… Ele te deu algum conselho?

Na verdade, nenhum conselho, mas muito apoio, carinho e incentivo. Ele ficou muito feliz por mim quando eu contei pra ele sobre isso. E eu acho que ele e sua esposa Ashley virão me assistir.

Como fã da DC Comics e de musicais, eu preciso dizer que eu amei o crossover musical entre “Supergirl” e “The Flash”! Como foi filmar aquele episódio e nós vamos ter mais oportunidade de ouvir a Supergirl cantar?

Eu sei que eles querem fazer isso de novo. Foi um grande investimento. Greg Berlanti – nosso Produtor Executivo – é definitivamente uma pessoa com raízes teatrais. Ele cresceu fazendo isso. Mas nem todo mundo é assim no nosso grupo. Nós temos muitos roteiristas das HQ’s conosco e eu acho que eles ficaram um pouco nervosos sobre fazer esse episódio. Mas correu tudo muito bem! Grant [Gustin] e eu nos divertimos muito! Eu espero poder fazer outro!

Bom, eu estava no paraíso nerd! Era como se dois mundos estivessem colidindo! DC e musicais!

(risos) Eu também me senti assim! Eu acho que o Grant, no fundo, sempre quis interpretar o Fred Astaire e nós tivemos um momento em estávamos passeando pelo palco nas nossas roupas estilo “Ginger e Fred” e ele disse para mim: “Isso é muito divertido!”

Não tenho dúvidas que você irá se divertir muito na sua estreia, Melissa. Te desejo muita sorte!

Muito Obrigada!

 Fonte: New York Theatre Guide

comente a postagem!